Dizem que escrever sobre o que aprendemos e compartilhar aumenta em 50% a chance de lembrarmos do conteúdo. Ensinar é aprender!! Vamos lá então.  Vou falar sobre estresse, fui numa palavra bacana do Joris, um senhor carismático que está a 43 anos empreendendo o método DeRose. Muito do que ele disse eu já sabia mas não praticava!!! Foi essencial recordar. Mais importante ainda foi a vontade de fazer diferente que ele trouxe e as dicas práticas que eu já consegui implementar.

O estresse é uma reação do nosso organismo quando não conseguimos metabolizar a pressão que é exercida sobre nós. Diariamente temos uma série de tarefas para cumprir, contas para pagar, problemas pra resolver, trânsito para enfrentar, notícias alarmantes para digerir e por aí vai. Se o nível de pressão for maior do que a capacidade do corpo de “dissolver”, temos o chamado estresse. Estresse vai se traduzir como mau sono, cansaço, irritação, dor de cabeça, ansiedade, confusão mental e etc. O resultado é: infinitas doenças e uma vida cinza.

Estudos mostram que 80% das doenças nos EUA tem o estresse como causa. Uauuu… né? Você poderia imaginar que existe um tipo de estresse que está relacionado a falta de problemas e desafios? Essa você não previa! Pois é. Existe estresse por sobrecarga, mas também o estresse por “falta de carga”. Estudos mostram que o ideal pro ser humano é ter ¾ da vida “completa” e com um alto índice de satisfação, enquanto ¼ esta “incompleta” ou com uma série de desafios para superar e questões para resolver. Esse nível de insatisfação e desconforto é extremamente benéfica para o organismo. Nos superarmos, termos desafios, e estarmos na busca gera saúde. Tudo resolvido pode gerar depressão! É isso mesmo. Movimento é tudo, altos e baixos é vida!

Estamos nos construindo e hoje minha sugestão para um dia com mais alegria é você topar um desafio fácil, que eu topei e me fez muito bem. Entre em contato com 3 amigos que faz tempo que você não vê! A tecnologia esta aí para acabar com as desculpas.

Deixar seu Comentário

Comentar